terça-feira, 8 de maio de 2012

Adote um cão Adulto!

VANTAGENS DE ADOTAR UM CÃO ADULTO


Depois de conviver durante anos com uma família, muitos cães são abandonados na rua, ou em abrigos. E as chances desses animais encontrarem um lar são pequenas, já que a maioria das pessoas que adota pets opta por um filhotinho, afinal, eles são irresistíveis. 

Muitos acreditam que cachorros mais adultos ou velhinhos estão doentes ou sofridos demais para voltar a integrar uma família. 
Engana-se quem pensa assim. Abrigos estão abarrotados de cães saudáveis e em perfeitas condições para levar carinho, amor e alegria para qualquer família ou pessoa, desde que alguém lhes dê uma oportunidade. Confira abaixo, alguns mitos e verdades elaborados pelo site “Dogtime”, sobre um bichinho adulto. 

Cachorros disponíveis para adoção devem ter vários problemas
São vários os motivos que levam um cão a ser abandonado, e a maioria não está relacionada com o cão, e sim com o dono. Segundo o “Dogtime” o principal motivo alegado é “mudança”, logo seguido por “não tenho tempo”. Isso significa que muitos animais chegam ao abrigo sem o adestramento básico. Mas isso é algo que pode ser facilmente solucionado. Cães que apresentam graves problemas geralmente não são disponibilizados para adoção. 

Você não criaria vínculo com um cão que você não criou
Errado. Cachorros de qualquer idade podem crescer muito apegados a quem lhe der carinho. E podem criar um vínculo bem rapidinho! Além disso, você saberá o quanto o cão adulto é afetuoso quando você o levar para casa. Mesmo um filhotinho bonitinho pode se transformar em um adulto arisco. 

Se eu adotar um cão adulto só poderei escolher vira-latas
E qual o problema em levar um vira-lata para casa? Eles são amorosos e queridos como um cão de raça. E ainda costumam ser mais resistentes. De acordo com o “Dogtime”, 25% dos cães em abrigos são de raça pura, e muitos grupos de resgate de algumas raças contam com muitos cachorros de raça pura à procura de um lar. Mas se você faz questão de um animal de raça, saiba que a chance de encontrar um cão adulto são maiores. Mas... por que não um vira-latinha? 

Ainda pensando sobre o assunto?
Se você ainda está em dúvida se deve ou não adotar um cão adulto, considere a vantagem de conhecer o que você está levando para casa. Com um cão já crescido é possível saber se ele é bom com crianças, um companheiro para corridas, ou se não late muito. Filhotinhos são encantadores, mas é impossível saber como serão quando crescerem.



Os animais adultos são surpreendentes: 
- Mais tranqüilos, não latem muito e não choram à noite; 
- São mais obedientes por já terem uma capacidade de assimilação maior; 
- São mais independentes, caso tenham que ficar sozinhos por algumas horas; 
- Dificilmente destroem sapatos, móveis ou coisas dentro de casa; 
- Aprendem a fazer as necessidades no local adequado com maior facilidade e velocidade; 
- É mais fácil saber, antes de adotar, se ele é quieto, brincalhão, se gosta de correr ou se é mais reservado; 
- Você não terá dúvida alguma sobre o tamanho dele; 
- Se adaptam rapidamente ao ambiente e às pessoas da casa, incluindo as crianças; 
- São mais atentos a chegadas de pessoas; no caso de cães, defendem mais a casa; 
- Serão amigos fiéis e eternamente gratos a você 

Na adoção de um animal adulto, ao contrario do filhote, o trabalho é sempre muito menor, pois ele passará apenas por um período de adaptação à nova casa. Este período é quase sempre muito curto, pois o animal adulto que vem de um abrigo ou das ruas tem muita gratidão pelas pessoas que o recebem em seus lares e demonstrará essa gratidão claramente tornando-se, em muito pouco tempo, um companheiro fidelíssimo, obediente e muito carinhoso. Os animais adotados já adultos fazem de tudo para agradar, por isso fica mais fácil educá-los. 

Ao contrário do que muitos acreditam, o cão adulto, quando adotado, aceita muito facilmente a mudança em sua vida (que sempre será para melhor), torna-se um animal muito alegre que, certamente, será seu maior amigo. 

Fonte: Petmag

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favorites More